Excessivamente

Excesso: s.m. Quantidade a mais, o que excede os limites ordinários...

Casamento, é uma instituição, onde se adquire e forma-se um novo núcleo familiar, para que esse núcleo tenha direitos e seja identificado como uma célula protegida pelo Estado.

Aí entramos em um outro conceito, que é o da família, as pessoas pensam que duas pessoas se casam porque se amam (pode ser), ou porque são interesseiras (pode ser também... rs), mas não, duas pessoas se casam porque resolvem somar suas forças na construção de uma coisa maior, a família. O problema atual, se encontra no individualismo, tanto masculino como feminino, mas o ser humano é um ser gregário, quer ter gente por perto, quer pertencer a algo.

Você está criticando, não a instituição casamento, mas sim o despreparo de uma forma geral que as pessoas apresentam hoje para compartilhar suas vidas com outra pessoa, antes a mulher era preparada para ser a dona do lar, e o homem o mantenedor, hoje com esses papéis de certa forma obsoletos, acha-se que o casamento perdeu o sentido, mas não perdeu, o sentido do casamento é unir-se a alguém para construir um núcleo familiar, um lugar para se pertencer.